ENTREVISTAS

Atleta mais jovem a surfar a onda da Urca do Minhoto relata experiência: ‘Inesquecível’

Aos 15 anos de idade, o potiguar Mateus Sena é o atleta mais jovem a surfar a onda da Urca do Minhoto, o ‘Havaí brasileiro’, localizada a 29 quilômetros da costa do Rio Grande do Norte. O swell das duas últimas semanas reservou ondas perfeitas de até 6 metros de face e colocou o pico em evidência com a visita de big riders como Pedro Calado, Felipe Cesarano, Marcos Monteiro, e o local Aldemir Calunga.

Apesar da pouca idade, Mateus Sena não se intimidou e encarou as bombas do local. “Eu entrei na água e fiquei uns 40 minutos só observando a atitude dos mais experientes. Dá um frio na barriga, mas decidi encarar e deu certo. Foi uma experiência inesquecível pegar ondas como aquelas aqui no meu estado e ainda ao lado de feras como Calunga, Pedro Calado e o Gordo. Esse foi um dia que vai ficar na memória pra sempre”, contou Mateus.

Ele participou de uma expedição para gravação de um especial para o Canal Off no sábado (24) que levou cerca de 20 surfistas e foi liderada pelo local Armando Diniz e pela Marcolini Filmes. Além dos big riders e de Mateus, participaram da expedição a ex-surfista profissional Michaela Fregonese e o tricampeão mundial de Windsurf, Kauli Seadi.

“Peguei duas pranchas emprestadas porque as minhas são pequenas para esse tamanho de onda. Eu nunca imaginei que iria pegar ondas com essa perfeição e tamanho no quintal de casa. Mas a insegurança do começo foi embora assim que desci a primeira onda”, disse Mateus.

O big rider Aldemir Calunga elogiou a postura de Mateus nas ondas da Urca do Minhoto. “Ele se posicionou bem no pico, pegou a onda, tá em casa, porque é a casa dele. Foi uma ótima experiência pro Mateus ter esse aprendizado em condições extremas, com ondas grandes, em alto mar. Eu fico feliz em saber que a nova geração da casa conheceu a onda tão cedo. Ele com 15 vai ter muito tempo pra fazer uso dessa onda”, disse Calunga.

Descoberta da Urca do Minhoto

As ondas da Urca do Minhoto foram descobertas na década de 80 pelo empresário e surfista Armando Diniz e eram, até então, pouco exploradas. Mas a combinação perfeita de vento e direção das ondas nos dois últimos finais de semana colocou de vez a Urca do Minhoto na rota do surfe de ondas grandes.

Para Armando Diniz, durante a expedição para a Urca, Mateus provou que está pronto para encarar qualquer onda do mundo. “Foi muito legal ver a atitude do Mateus nas ondas, se jogando mesmo. Eu estava no canal, veio uma série, eu vi todo mundo se posicionando e observei ele lá no olho dela, remando que nem um louco e ele pegou a onda. Com 15 anos ele foi o mais jovem surfista a dropar essas ondas. Esse fim de semana foi muito especial, foi histórico, e o Mateus Sena provou que tem sangue nos olhos pra pegar as melhores ondas do mundo”, disse.

Mateus Sena tem o patrocínio da Oakley Brasil, Açaí do Joca Jr., Infinity Energy Drink e Pranchas Ricardo Martins. Apoio da CT Surf Wax, Wise Up Natal e F.C FISIO.

MATÉRIAS