ENTREVISTAS

De sol e praia ele sabe tudo

Confira a entrevista com George Costa. Verdadeiro amante do esporte, ele já está remando desde de 86 e passou por vários momentos do esporte. Hoje empresário do turismo, amante do sol e das ondas, ele mostra diariamente Natal e suas praias para pessoas do mundo inteiro.

 

 

VPM – Como foi o seu início no esporte?
. Foi em 86/87. Uns amigos cariocas dos meus pais vieram a Natal e a filha deles trouxe uma prancha de morey boogie (rsrs), que estava sendo uma febre no Rio. Fiquei curioso, pedi emprestado e surfei pela primeira vez.

VPM – Freesurf ou competição?
. Freesurf

VPM – Estilo clássico ou atual?
. Clássico

VPM – Qual o melhor pico que você já surfou deixou mais saudades?
. Tenho muitas saudades do pico que fica atrás do Morro do careca, em Ponta Negra. Além das excelente ondas, era uma aventura a ida pra lá.

VPM – Quais as mudanças que você vê no estilo e nas manobras de quando você começou para as executadas hoje?
. Quando comecei o lema era “rodar o máximo possível. Helicóptero era a manobra que mais se tentava e dar 360 na espuma. Com o tempo o esporte migrou para manobras mais no ponto crítico das ondas e cada vez mais evolui pra ondas buraco. Mas até hoje a manobra que mais me agrada é o invertido aéreo.

VPM – Quais os atletas da sua geração que você destaca como grandes competidores da época e quais ainda estão fazendo bonito?

. Claro que a referência mundial sempre será Mike Stewart. No Brasil Guilherme Tâmega é o cara!!!

VPM – Dos atletas atuais quem você cita como grande destaque no RN?

. Gosto muito do estilo e versatilidade de Marcus Flavio. Mas o Fabinho é o mais radical.

VPM – Dos novos picos que vem surfando hoje, quais você gostaria de ter conhecido antes?

. Sem dúvida o ShoreBreack de Tabatinga

VPM – Maior vaca já tomada?

. Nas antigas uma despencada atrás do morro. Na retomada ao surf uma em 2015 em uma mega ressaca no shorebreack.

VPM – Qual sua manobra predileta?
. El rollo na linha.

VPM – Existe algum momento especial que você guardou na memória durante todos esses anos de surf?
. Algumas trips que fizemos para o Ceará para participar do Cavalo Marinho e o campeonato da Ecológica nas “barreiras” em Ponta Negra, em um dos melhores mares que já vi no quintal de casa.

VPM – O que falta pro esporte voltar a ter a força que já teve no passado?
. Renovação. O esporte foi forte no passado porque atingiu os jovens de ambos os sexos e é isso que deve-se continuar buscando.

VPM – Pra finalizar manda aí o seu recado pra galera.
. Sempre acorde cedo, porque lá estão as melhores ondas…

MATÉRIAS