ENTREVISTAS

Priscilla Medeiros. Nossa grande campeã!

Grande nome do bodyboard feminino Potiguar, Priscilla Medeiros é inspiração para muitas meninas que praticam o esporte no estado. Ela já representou o estado em águas gringas nas etapas do mundial de bodyboard e continua focada para brilhar ainda mais nas competições. Conheça um pouco mais nossa super atleta.

VPM – Como foi o seu início no bodyboard?

Comecei aos 13 anos em Ponta negra. Quando vi as meninas pegando, onda queria fazer também. Achava fascinante ser mulher e ser surfista: Diferente! Me encantei.

VPM – Como surgiu seu espírito de competidora?

Aos 15 fui para meu primeiro campeonato em Pernambuco, onde fui campeã iniciante com uma só onda surrada, onde deu a única manobra que sabia 7 vezes: o 360′ Rsrsrs. Depois disso, nunca mais parei de competir.

VPM – Quais etapas do mundial você já disputou e como você analisa sua participação?

Participei pela primeira vez no RJ, depois Sintra, onde tive uma ótima colocação 7°.

VPM – Quais os seus principais títulos?

Campeã Copa Brasil; Vice-campeã brasileira; campeã Profissional Super Abreu Open; Campeã Iniciante em todos Estados do Nordeste; Campeã Copa Rio RJ e Campeã no Espírito Santo.

VPM – Qual atleta você destaca da Velha Guarda como grande nome do esporte? 

Neymara Carvalho, que hoje se tornou minha amiga.

VPM – E hoje, quem é a melhor atleta do mundo na sua opinião?

Isabela Souza.

VPM – O Bodyboard já teve grande repercussão nacional e mundial, hoje a realidade é outra. Como você analisa os dias de hoje em relação a isso? 

Devido a Confederação Brasileira ter parado de fazer evento, isso deixou muito talento parado no Brasil, muita gente não tem condições de competir o Mundial. Infelizmente é muito triste ver tantos talentos se perdendo, porque a idade conta muito no esporte.

VPM – Como é a sua rotina de treinos? Qual a frequência que cai na água? 

Geralmente quando tem onda, surfo 3 horas por dia. Sempre aproveito ao máximo. Procuro cair também quando não tem. Mais sempre que não tem, compenso na academia, corrida e nunca deixando de praticar algo para melhorar meu desempenho em ondas maiores.

VPM – Como você lida com o fato de ser a principal atleta do esporte no Estado?  Existe algum projeto guardado para executar?

Fico muito feliz com o reconhecimento do meu trabalho desses anos que me dediquei ao esporte, quem é atleta sabe que não é fácil viajar, muitas vezes deixar as pessoas que amamos para trás. Mas sempre fiz com muito amor e vontade de chegar longe.

Tenho planos de ficar mais tempo com as crianças das escolinhas que está o começando, de ajudar de alguma forma, passar o que sei.

VPM – Existe algo que queira acrescentar que não perguntei?

Se hoje estou aqui foi por um plano de Deus, ele me deu esse dom. Não sei porquê, mas me sinto muito abençoada por Ele e por tudo que vivi até hoje. Também ao meu patrocínio oficial NATALCARD

VPM – Por fim, manda um alô pra galera do Vem Pro Mar e para os seus patrocinadores.

Galera, vocês são demais!! Acompanho tudo e é muito bom ter um espaço nosso. Continuem sendo felizes com esse esporte maravilhoso, e nos vemos no mar.

Boas ondas e que Deus abençoe!

 

 

 

MATÉRIAS