Luana Salgueirosa Vem Pro Mar

VPM – Vou começar pedindo para você falar um pouco sobre como começou no esporte e quais os seus planos para o futuro. Vai investir nas competições ou apenas curtir um freesurf?

Comecei o surf quando descobri que o meu tio tinha uma fábrica de pranchas na época, eu ganhei uma prancha dele de isopor, mas que me influenciou muito a começar o surf. Lá para 2012 foi quando eu comecei a escolinha de surf para meninas, a escolinha da Diolanda Vaz, lá eu aprendi a ficar em pé no primeiro dia de surf em um longboard, depois não larguei mais, a escolinha era da prefeitura e fechou depois de um ano, conhecendo muita gente que praticava o esporte eu comecei a pedir emprestado pranchas para surfar, lembro que a minha primeira foi de um amigo que emprestou uma do modelo “fish” era muito boa, depois disso peguei uma “fan” de uma amiga e foi quando eu gostei mais ainda do surf. Fiz a minha primeira prancha com as minhas medidas e logo comecei os meus treinos com o Ademir Silva no Guarujá e ele me incentivou a correr meu primeiro campeonato de surf, vários regionais. Em 2013, 2014 competi o circuito Santista de surf e fui campeã do circuito em 2015, depois disso não pude mais participar pois já tinha 18 anos e não tinha a categoria open feminina. Após isso competi um ano no circuito universitário de surf do IBRASURF onde foi meu ultimo campeonato, creio que em 2016 ou 2017, fiquei com trauma pq tomei um caldo muito tenso na praia de Maresias e depois disso nunca mais competi!!! Desde então continuo surfando aos finais de semana e todas as minhas viagens são voltadas para o surf, se não tem praia com onda, eu não viajo! haha

VPM – Quais os seus pico preferidos?

Amo a praia de Taguaíba que fica em um condomínio no Guarujá e a praia da Baleia no litoral Norte de SP e internacional, El Salvador, praia de El Zonte.

VPM – O que você acha que falta para o surf feminino estourar de vez?

Falta muitos patrocinadores para influenciar o surf feminino! Hoje há MUITAS meninas que quebram demais no surf e que poderiam estar representando nossa região, porem falta incentivo e grana para elas irem para frente nos campeonatos. Hoje eu sou dona de uma marca de biquínis a “Haluna Beachwear” que com muita certeza tenho como objetivo patrocinar mulheres que praticam algum esporte!!

VPM – Quais as atletas que você considera que mandam muito bem?

Sally Fitzggibbons me inspira demais, uma atleta 100% focada no seu objetivo!!!

VPM – Alguma trip inesquecível?

Com muita certeza a de El Salvador!!! Fui com duas amigas que também respiram surf e amei todas as praias, fiquei lá 12 dias e a que eu mais gostei foi a de El Zonte, direitinha perfeita!!!

VPM – Um swell dos sonhos?

Sou bemmmmm maroleira, gosto da onda gordinha, porem, sonho em surfar nos picos da Indonésia!!

VPM – Aquele pico que dá aquele frio na barriga?

Sem duvidas o onda de Maresias, tomei um caldo que eu nunca mais vou esquecer kkkk

VPM – Manobra predileta?

Gosto muito das direitas mesmo sendo Goofy, a rasgada é minha manobra predileta!!

VPM – Por fim. Manda o seu recado pra galera do Vem Pro Mar.

Obrigada a galera do Vem Pro Mar por incentivar o surf feminino e me dar essa oportunidade de mostrar um pouco da minha historia.